ACESSE

Rússia quer Brasil como base para produção de vacina contra Covid-19

Telegram

Os russos responsáveis pela criação da vacina Sputink V querem usar o Brasil e outros três países –Índia, Coreia do Sul e Cuba– como uma base para a produção da nova fórmula.

Em entrevista coletiva, os pesquisadores do Fundo de Investimento Direto da Rússia anunciaram que a testagem da vacina em 40 mil voluntários começará na próxima semana.

“Nós estamos vendo que o fator-chave é a produção da vacina em outros países. E vou aqui destacar Índia, Brasil, Coreia do Sul e Cuba. Eles têm potencial para produzir a vacina e servir de base para a produção”, disse o diretor-presidente do fundo, Kirill Dmitriev.

E acrescentou:

“Temos contato com os embaixadores de vários países sobre a exportação. Já temos a informação sobre as primeiras fases dos testes e vamos divulgar essas informações para os ministérios da saúde dos países parceiros que mostram interesses.”

Na semana passada, o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), anunciou acordo com o governo da Rússia para a produção de vacina.

Leia mais: As reais intenções de Dilma e Cuba com o programa Mais Médicos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 15 comentários