Russos queimam largada da vacina no Brasil

Russos queimam largada da vacina no Brasil
Foto: Caniceus/Pixabay

O diretor-geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos, Kirill Dmitriev, disse nesta segunda-feira (19) acreditar que “já em dezembro” poderá iniciar o fornecimento de uma vacina contra a Covid-19 para a América Latina.

“Vamos produzir dezenas de milhões de doses de vacina já em dezembro […] para fornecimentos muito ativos serem iniciados em janeiro”, disse Dmitriev. O relato é da Sputnik Brasil, agência de notícias vinculada ao governo russo.

A Anvisa reagiu: em nota, informou hoje que “[a]té o momento, não chegou à Anvisa nenhuma solicitação formal de autorização de estudo clínico ou pedido de registro para a vacina russa contra Covid-19 (…) Somente a partir da submissão dos pedidos é que a Anvisa analisa cada pleito”.

A distribuição da vacina para a população em geral exige a conclusão de ensaio clínico em fase III, o que ainda não aconteceu com nenhuma candidata a vacina contra Covid-19 no mundo.

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), que assinou memorando de entendimento com o governo russo, também publicou nota:

“O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e o Fundo de Investimento Direto da Rússia, parceiro do Governo do Paraná, estão em fase de elaboração do protocolo de validação da fase 3 dos testes clínicos da vacina russa Sputnik V.

A elaboração do dossiê é um processo complexo, que envolve tratativas técnicas, traduções e estudos sobre os dados que serão utilizados para a finalização do documento, que trata sobre a vacina que será disponibilizada contra o Covid-19, que desafia os sistemas de saúde em busca de uma solução inovadora.

O protocolo oficial que será submetido aos órgãos regulatórios terá o pedido de autorização dos testes no Brasil e detalhará o plano de execução da fase 3. Para a finalização do documento, o Tecpar aguarda definições do Fundo de Investimento Direto da Rússia sobre a dominialidade do registro”.

Assista também:

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: confira os desdobramentos com informações exclusivas
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários
TOPO