Ruy Goiaba: Notas do front eleitoral do meu sofá

Ruy Goiaba: Notas do front eleitoral do meu sofá
Foto: Reprodução

Em sua coluna na Crusoé que foi ao ar hoje, Ruy Goiaba comenta a bagunça do sistema eleitoral americano, que deu a Joe Biden –ou talvez não, vai saber– a vitória sobre Donald Trump no pleito desta semana.

“Quando esta coluna for publicada, provavelmente o vencedor da votação nos EUA já estará definido. OU NÃO —o que nos dará ainda mais tempo para admirar a capacidade de enrolação dos caras da CNN sempre que a notícia que eles têm para dar é exatamente zero (…). Sou obrigado a concordar com um amigo que diz que o sistema eleitoral americano é mais zoneado que o regulamento do Campeonato Carioca: tem a vantagem de o Flamengo não ganhar no final, mas se a gente procurar bem deve achar uns votos no Zico perdidos ali no meio.

Seja como for, essa zona funciona e elege presidentes, deputados e senadores regularmente há quase dois séculos e meio. Talvez continue assim não só por causa da tal ‘autonomia dos estados para decidir sobre a votação’, mas pelo puro valor de entretenimento da bagunça. Nada dessa coisa maçante de ter tudo centralizadinho num TSE e urnas eletrônicas com resultado final em questão de horas: isso é coisa de país que quer mostrar que é subdesenvolvido, porém limpinho.”

LEIA AQUI a íntegra da coluna; assine a Crusoé e apoie o jornalismo e o humorismo independentes.

Leia mais: As revelações feitas pelo Antagonista e pela Crusoé são inúmeras.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários
TOPO