Schettino condenado

O comandante do navio Costa Concordia, Francesco Schettino, foi condenado pela Justiça italiana a 16 anos de prisão. Ele foi responsabilizado diretamente pelo acidente ocorrido em 13 de janeiro de 2012, que matou 32 pessoas, no litoral da Toscana. Além de fazer uma manobra imprópria junto a rochedos submersos, Schettino abandonou a embarcação em meio ao naufrágio, num episódio de covardia intolerável.

Só o comandante Lula tem licença para abandonar o navio do PT, antes que ele afunde de vez.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200