Secretário de Justiça de Trump diz não haver evidência significativa de fraude eleitoral

Secretário de Justiça de Trump diz não haver evidência significativa de fraude eleitoral
Foto: Flickr/The White House/Shealah Craighead

O secretário de Justiça do governo Donald Trump, William Barr, disse em entrevista à Associated Press nesta terça (1º) que seu departamento não detectou evidências significativas de fraude eleitoral, capazes de mudar o resultado do pleito presidencial de 2020 nos EUA.

Quase um mês depois do dia da votação, Trump insiste em que a eleição foi fraudada e se recusa a admitir a derrota para Joe Biden –embora tenha dito que sairá da Casa Branca caso o Colégio Eleitoral ratifique o candidato democrata como vencedor.

Segundo Barr, agentes do FBI e advogados do departamento têm acompanhado reclamações e recebido informações específicas sobre acusações de fraude, mas nada em um nível capaz de reverter o resultado da eleição de novembro. Biden obteve cerca de 80 milhões de votos, 6 milhões a mais que o atual presidente.

O secretário de Justiça é considerado um dos mais fiéis aliados de Trump dentro do governo americano.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO