Sem citar Copa América, OMS diz que países deveriam reconsiderar sediar eventos

A principal autoridade de emergências da organização, Michael Ryan, citou preocupação com a transmissão comunitária do coronavírus
Sem citar Copa América, OMS diz que países deveriam reconsiderar sediar eventos
Foto: Pierre Virot/World Health Organization

Mesmo sem citar diretamente a Copa América no Brasil, a OMS demonstrou preocupação com a realização de eventos em meio à pandemia.

Nesta segunda-feira (7), Michael Ryan, a principal autoridade de emergências da organização, pediu cautela aos países, especialmente em relação à transmissão comunitária do coronavírus.

Ele avalia que, caso as autoridades entendam que não têm capacidade de controlar os riscos, é melhor que reconsiderem suas decisões “de hospedar ou realizar qualquer reunião em massa”.

“Se essa gestão de risco não pode ser garantida, então certamente os países deveriam reconsiderar suas decisões de hospedar ou realizar qualquer reunião em massa.”

Leia mais: Em pouco mais de um mês no STF, o ministro Kassio Marques se alinha à ala anti-Lava Jato.
Mais notícias
TOPO