Sem terrorismo em Charleston

É o que diz o prefeito da cidade, John Tecklenburg. Segundo ele, um “empregado descontente” atirou em uma pessoa e fez reféns num restaurante da cidade da Carolina do Sul.

A polícia e a SWAT continuam cercando o lugar.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. amazonas disse:

    Acreditem que o bandido do Temer, mais os políticos enrolados na LJ, vão de alguma forma, regularizar uma proteção aos ex-presidentes, isso já vem sendo estudado nos porões do jaburu, com o conluio do ministro da justiça e Gilmar Mendes, é a razão de tantos encontros entre os dois. ACORDA BRASIL!.

Ler comentários
  1. Bichinha Progressista disse:

    Armas são feias e fazem dodói!!

  2. Pedro disse:

    O negócio que é só escutar ¨BANG!¨ nos Estados Unidos para os esquerdistas progressistas politicamente-corretos aqui do Brasil começarem a soltar a franga!! Ainda mais em época de Trump!! Não é, Antagonistas??

  3. Sem Controle disse:

    Não existe controle de armas nos EUA, qualquer maluco consegue comprar armamento.