Senado argentino aprova imposto sobre grandes fortunas

Senado argentino aprova imposto sobre grandes fortunas
Foto: Divulgação, Casa Rosada

O Senado da Argentina aprovou na noite desta sexta-feira uma lei temporária que cria um imposto sobre as 12 mil pessoas com maior fortuna no país.

O projeto do governo de Alberto Fernández foi aprovado por 42 votos a favor e 26 contra.

Segundo o governo, a “contribuição extraordinária” será cobrada apenas uma vez. O objetivo é financiar a ajuda estatal aos mais atingidos pela pandemia da Covid-19.

O imposto vai incidir sobre os detentores de patrimônio superior a 200 milhões de pesos.

Afugentar ricos dá sempre super certo para a economia.

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. O bolsonarista Eduardo Cunha

  3. Polícia Federal aparelhada?

  4. ENTREVISTA: Wilson Lima diz que Pazuello ajuda a 'agilizar demandas', mas que 'ainda falta oxigênio'

  5. Justiça Federal suspende distribuição da vacina de Oxford em Manaus

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 102 comentários
TOPO