Senado derruba a lei do aborto. Na Argentina

Em sessão que durou 17 horas, o Senado da Argentina derrubou a lei que permitia o aborto até a 14a semana de gravidez.

Ao contrário do que ocorre no Brasil, quem legisla na Argentina é o Legislativo.

Comentários

  • Cacevo -

    Não sei qual é a situação da questão do aborto na Argentina, mas se for parecida com a do Brasil, foi desastrosa a atuação do senado. É uma carnificina contra as mulheres essa situação de proibição.

  • Ridendo -

    No Brasil se mata feto,criança,jovem,adulto e velho,sem a menor cerimônia!Isto aqui não é um paraíso?

  • EUNICE -

    Graças a Deus!

Ler 66 comentários