Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Sérgio Camargo ironiza decisão que o impede de nomear funcionários

O presidente da Fundação Palmares foi afastado pela Justiça do Trabalho da gestão de pessoas da instituição nesta segunda-feira
Sérgio Camargo ironiza decisão que o impede de nomear funcionários
Reprodução/Redes sociais

Sérgio Camargo, presidente da Fundação Palmares, comentou há pouco a decisão da Justiça do Trabalho que o afastou das atividades ligadas à gestão de pessoas na instituição.

Ele está proibido de nomear e exonerar pessoas. A determinação busca “coibir eventuais práticas tidas, a princípio, como abusivas”

No Twitter, Camargo afirmou, em tom de brincadeira, que gostaria de nomear o advogado Bruno Jesus como chefe de gabinete, mas não pode. Na publicação, ele pediu ao diretor da Fundação Palmares que o faça.

“Este é meu futuro chefe de Gabinete (Bruno Jesus @BrunoJesusAdv),mas não posso nomear. @MarPetrucelli dá uma força aí, meu chapa. Pago a conta de dez happy hour!”

Mais notícias
Mais lidas
  1. Retorno às aulas presenciais em SP será obrigatório a partir de segunda-feira

  2. Abandone, Doria

  3. A caneta de Moro

  4. Porcos e podres

  5. Todos por um

Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler comentários
TOPO