Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Smartmatic cita entrevista de Allan dos Santos retuitada por Trump como prova em processo

Blogueiro foragido mentiu ao dizer que empresa fabrica as urnas usadas no Brasil
Smartmatic cita entrevista de Allan dos Santos retuitada por Trump como prova em processo
Reprodução/OAN

A Smartmatic citou como prova uma entrevista concedida pelo bolsonarista foragido Allan dos Santos em uma ação ajuizada na Justiça americana contra a emissora One America News Network (OAN). A reportagem é do Jota.

A ação foi ajuizada no mês passado. A entrevista foi ao ar em novembro de 2020, e republicada no perfil do então presidente Donald Trump no Twitter. Trump foi banido da plataforma em janeiro deste ano, depois da invasão do Capitólio.

Allan mentiu na entrevista ao dizer que a Smartmatic ajudou a fraudar as eleições brasileiras de 2014 e 2018. Como o TSE mostrou, a empresa não fornece urnas para o Brasil.

“[O] TSE reitera que a empresa Smartmatic não forneceu nem fornece urnas eletrônicas para as eleições brasileiras, tampouco trabalhou na programação desses aparelho”, diz nota do tribunal. “A Smartmatic celebrou contratos com o TSE em outras ocasiões somente para a prestação de serviços de conexão de dados e voz, e não para o desenvolvimento ou operação da urna eletrônica. Além disso, a empresa participou da licitação para a fabricação de urnas eletrônicas para 2020, mas perdeu para a empresa Positivo”.

Ouvido pelo Jota, o advogado Francisco Brito Cruz explicou: “A argumentação não é de que a rede de TV deve se responsabilizar pelo o que o Allan dos Santos falou, mas de que ela escolheu entrevistados com o objetivo de causar dano”.

Leia mais:

Twitter sinaliza post de Trump com entrevista de Allan dos Santos

Smartmatic processa Fox News e Rudy Giuliani

Empresa de urnas Dominion processa Giuliani e pede US$ 1,3 bilhão

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....