Submarino argentino: “Houve um monte de ecos”

O porta-voz da Marinha da Argentina, Enrique Balbi, disse hoje, sobre as buscas pelo submarino ARA San Juan:

“A Marinha não gera as incertezas. A situação é incerta. Houve um monte de ecos, uma balsa. São momentos críticos, angustiantes.”

A declaração foi dada após o vazamento da última comunicação enviada pelos tripulantes da embarcação. Reveja aqui:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Está cada vez mais evidente que houve incompetência ou má fé, ou uma mistura de ambas nesse episódio. O comando das forças armadas argentinas tem de ser destituído imediatamente. Continuar com esse grupo é tentar dormir com um inimigo sabidamente assassino.

Ler mais 3 comentários
  1. Está cada vez mais evidente que houve incompetência ou má fé, ou uma mistura de ambas nesse episódio. O comando das forças armadas argentinas tem de ser destituído imediatamente. Continuar com esse grupo é tentar dormir com um inimigo sabidamente assassino.

  2. Ainda que Enéas Carneiro estivesse certo sobre o uso da energia atômica…
    o Brasil está construindo um submarino nuclear.
    Se a construção e manutenção forem do mesmo do náipe das típicas “cucarachadas” latinoamericanas,
    quem morar próximo do litoral atlântico que já vá comprando sua armadura de chumbo e concreto.