“Suicidem-se!”

Em Paris, os coletes amarelos voltaram a barbarizar.

Além de protestar contra o dinheiro a ser gasto na reconstrução da Notre-Dame (como se a catedral, uma das maiores atrações turísticas do mundo, não gerasse empregos e renda), eles promoveram quebra-quebra, pilhagens e agrediram policiais na Place de la République, principalmente.

Dois gritos da turba:

”Todo mundo detesta a polícia!” e ”Suicidem-se!”. Há poucos dias,  um dos policiais se matou.

Comentários

  • ALEXANDRE -

    Fim da França. Entraram os islamitas e a m.... começou. A França tem mais mesquitas que igrejas. Em seguida começarão as restrições contra os cristãos. É o fim da França como liberdade .

  • Dirce -

    Passeatas e protestos são válidos ! Agora, baderna , pilhagem, quebra-quebra e palavras "loucas" de ordem... quem pode concordar c/ uma coisa dessa? A maioria do povo francês ñ concorda!

  • Reconquista+ -

    O Anta-correspondente está mal informado do que se passa realmente na França, é um barril de pólvora pronto a explodir. Leiam "Eric Zemmour, Philippe DeVilliers, Michel Houllebecq, Alexandre del

Ler 232 comentários