Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Texas vai à Suprema Corte para tentar anular eleição em 4 estados dos EUA

Texas vai à Suprema Corte para tentar anular eleição em 4 estados dos EUA
Foto: Embaixada dos EUA no Cazaquistão

Advogados de 17 estados liderados pelo procurador-geral republicano do Missouri, Eric Schmitt, pediram nesta quarta-feira (9) que a Suprema Corte dos EUA receba o processo do Texas que tenta anular a eleição de novembro em quatro estados e reverter a derrota de Donald Trump.

O processo, anunciado na terça (8) pelo procurador-geral republicano do Texas, Ken Paxton, tem como alvo quatro estados onde Trump perdeu para Joe Biden depois de vencê-los em 2016: Geórgia, Michigan, Pensilvânia e Wisconsin.

A ação, que defende que os resultados nesses estados sejam descartados, é o último litígio para tentar desfazer a vitória do democrata.

O presidente dos EUA se recusa a reconhecer que perdeu a eleição, e sua equipe jurídica até agora não provou a acusação de fraude generalizada. Autoridades eleitorais em nível estadual não encontraram evidência de crime, e as recontagens já feitas em estados como a Geórgia e o Wisconsin confirmaram a vitória de Biden.

Autoridades dos quatro estados contestados –incluindo a Geórgia, que é governada pelos republicanos– consideraram o processo do Texas um ataque à democracia, e especialistas em direito eleitoral afirmam que ele tem poucas chances de sucesso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO