ACESSE

Trump apoia controle de antecedentes na venda de armas

Telegram

A Casa Branca disse hoje que Donald Trump respalda os esforços para melhorar os controles federais de antecedentes para a compra de armas.

A posição do presidente americano foi divulgada por sua porta-voz, Sarah Sanders, em um comunicado à imprensa.

Na quarta-feira passada, Nikolas Cruz, 19, matou 17 pessoas na escola Marjory Stoneman Douglas, na Flórida. Apesar do histórico de investigações policiais, ele havia comprado legalmente a AR-15 que utilizou no massacre.

Comentários

  • Amauri -

    Melhorar averiguação de antecedentes não é restrição à venda de armas. É salvaguarda para que LOUCOS não a adquiram. Qualquer restrição para comercialização de armas, só alcança o cidadão de bem. Sempre! Quem optou por cometer um crime e não puder adquirir uma arma legalmente, recorrerá ao mercado paralelo; se não houver tal opção no local, furtará ou roubará uma. Para o mal, sempre haverá opções. Portanto, travas à aquisição, são inócuas. O necessário é acabar com as Gun Free Zones. Por que o bandido sempre vai onde sabe que ninguém tem arma? Se sabe que não encontrará resistência, ótimo! É ali mesmo que ele vai operar. Alguma coisa deveria ser dita após o massacre: esta foi a melhor que encontraram!

  • Indignado -

    Uma arma como a AR-15 nunca deveria ser vendida a um civil. É muita irresponsabilidade.

  • Marcos -

    AR-15 é um fuzil de assalto, com dispositivo que permitem rajadas. O Fuzil de assalto utilizado pelo atirador é o Fuzil MP-15 da Smith&Weston. Ar-15, só nas favelas do Rio, Brasil, onde existe um rigoroso controle de armas de fogo aplicados aos cidadãos comuns.

Ler 11 comentários