Trump dá aval para que equipe de transição 'faça o que for necessário'

Trump dá aval para que equipe de transição faça o que for necessário
Foto: Tia Dufour/ Flickr/ The White House

Em manifestação no Twitter agora há pouco, Donald Trump chegou perto de finalmente admitir a derrota eleitoral para Joe Biden e recomendou que a equipe de transição “faça o que for necessário”.

Conforme publicamos minutos atrás, Emily Murphy, a chefe da GSA –a agência federal que cuida de funções básicas do governo dos EUA–, enviou uma carta a Joe Biden dizendo que o órgão está pronto para iniciar o processo formal de transição.

“Quero agradecer a Emily Murphy, da GSA, por sua constante dedicação e lealdade ao nosso país. Ela foi assediada, ameaçada e sofreu abusos –e não quero que nada disso aconteça com ela, sua família ou funcionários do GSA”, disse o presidente.

“Nosso processo prosseguirá FORTEMENTE, seguiremos lutando o bom combate e estou certo de que venceremos!”, continuou Trump.

“No entanto, no melhor interesse do nosso país, estou recomendando que Emily e sua equipe façam o que for necessário em relação aos protocolos iniciais e disse à minha equipe para fazer o mesmo”, concluiu o republicano.

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 67 comentários
TOPO