Trump é vaiado em cerimônia: "Tirem ele no voto!"

Trump é vaiado em cerimônia: “Tirem ele no voto!”
Foto: Reprodução

Donald Trump foi vaiado nesta quinta-feira (24), ao comparecer à Suprema Corte para cerimônia em homenagem à juíza Ruth Bader Ginsburg, falecida na semana passada.

Foi uma rara ocasião em que Trump encontrou uma multidão hostil.

Manifestantes gritavam “vote him out!” (“tirem ele no voto!” ou “vote para ele sair”).

Trump já anunciou que indicará no sábado uma juíza para a vaga deixada por Ginsburg, que foi indicada para a Suprema Corte por Bill Clinton.

Em fevereiro de 2016, último ano do governo Obama, faleceu o juiz Antonin Scalia, indicado por Ronald Reagan. Obama indicou um substituto, mas a maioria republicana no Senado se recusou a sabatiná-lo, alegando que esse tipo de indicação não deve ser feita em ano eleitoral.

Agora, os mesmos senadores republicanos, como Lindsey Graham, da Carolina do Sul, estão mostrando que a ocasião faz a jurisprudência também nos Estados Unidos.

Assista à vaia contra Trump:

Leia mais: 2022: Bolsonaro e PT disputam os evangélicos
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 44 comentários
TOPO