Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Trump pressionou Departamento de Justiça para declarar fraude na eleição, diz jornal

Presidente disse ao secretário Jeffrey Rosen : "Só diga que a eleição foi corrupta e deixe o resto comigo" e com aliados no Congresso
Trump pressionou Departamento de Justiça para declarar fraude na eleição, diz jornal
Foto: Official Whte House Photo by Joyce N. Boghosian

Donald Trump pressionou autoridades do Departamento de Justiça no fim de 2020 para declarar que houve fraude na eleição, mesmo sem provas disso, segundo reportagem do New York Times publicada nesta sexta (30).

Em uma conversa por telefone em 27 de dezembro, Richard Donoghue, adjunto do secretário de Justiça, alertou o então presidente Trump que o departamento não tinha poder para mudar o resultado da eleição. Trump disse que não esperava isso, mas respondeu: “Só diga que a eleição foi corrupta e deixe o resto comigo” e com aliados no Congresso.

O Departamento de Justiça forneceu a uma comissão da Câmara dos Deputados as anotações de Donoghue da conversa, da qual também participou o então secretário interino, Jeffrey Rosen.

Em 6 de janeiro de 2021, dia da invasão do Capitólio por manifestantes trumpistas a pedido de Trump, oito senadores e 139 deputados – todos republicanos – votaram a favor de uma objeção aos resultados eleitorais do Arizona, da Pensilvânia, ou ambos. Nos dois estados, Trump venceu em 2016 e perdeu em 2020.

Leia mais:

Ministro da Justiça vai participar de live em que Bolsonaro promete mostrar provas que não tem

Trump liga para secretário da Geórgia e pede que ele “encontre” votos

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....