Trump proíbe que americanos se hospedem em hotéis de Cuba

Trump proíbe que americanos se hospedem em hotéis de Cuba

O governo dos EUA anunciou nesta quarta-feira, 23, um endurecimento das sanções contra o setor de turismo de Cuba —proibindo americanos de se hospedarem em propriedades estatais da ditadura, entre outras medidas.

Em nota, o Departamento do Tesouro americano informou que as mudanças “restringem a acomodação em certas propriedades em Cuba; a importação de bebidas alcoólicas de origem cubana e de tabaco; a assistência a (ou a organização de) reuniões profissionais ou conferências em Cuba; e a participação em determinados eventos públicos”.

O governo de Donald Trump reverteu a política de abertura em relação a Cuba iniciada por seu antecessor democrata, Barack Obama, e adotou uma série de sanções econômicas para restringir as receitas cambiais de Havana.

O anúncio foi feito a 40 dias das eleições presidenciais nos EUA, de olho no estado da Flórida e na comunidade de cubanos que se opõem à ditadura comunista.

Leia mais: As reais intenções de Dilma e Cuba com o programa Mais Médicos.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 16 comentários
TOPO