Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Trump recusa reconhecimento de matança de armênios como genocídio

Contrariando resolução aprovada pelo Congresso na semana passada, o governo de Donald Trump nos EUA se recusou a reconhecer como genocídio a matança de armênios entre 1915 e 1917, informa a BBC.

A decisão do Congresso americano enfureceu a Turquia, estado sucessor do Império Otomano, que nega caráter genocida nas mortes. Estima-se que até 1,5 milhão de armênios tenham morrido nas mãos dos otomanos nessa época.

“A posição do governo não mudou. Nossas visões estão refletidas em um comunicado definitivo do presidente sobre esse tema, em abril”, afirmou hoje Morgan Ortagus, porta-voz do Departamento de Estado americano.

No comunicado, Trump rendia tributo às vítimas “de uma das maiores atrocidades em massa do século 20”, mas sem usar a palavra “genocídio”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO