Tsipras é do PT

Alexis Tsipras, eleito na Grécia, chamou seu filho de Ernesto, em homenagem a Che Guevara. Apesar disso, ele escolheu formar o governo com os representantes de um partido nacionalista de direita, que se posiciona radicalmente contra a Europa e contra os imigrantes. 

A extrema-esquerda comemorou a vitória de Tsipras. A extrema-direita também. Em particular, Marine Le Pen.

No PT, o resultado eleitoral grego causou um certo constrangimento. Segundo Paulo Moreira Leite, o ex-redator-chefe da Veja que, na velhice, reencontrou a Libelu, “chega a ser irônico que os gregos tenham escolhido um governo que denuncia a austeridade e, há um mês, Dilma Rousseff tenha escolhido Joaquim Levy para ocupar o ministério da Fazenda”.

Alexis Tsipras elegeu-se na Grécia. Mas quem ganhou mesmo – e o mundo inteiro justamente o reverencia – foi Guido Mantega. 



A importância de se chamar Ernesto

Faça o primeiro comentário