Ucrânia: massacre no mercado

Os separatistas filo-russos, armados e financiados por Vladimir Putin, bombardearam um mercado em Mauripol, na Ucrânia, matando 27 pessoas e ferindo outras 97.

O líder dos separatistas, Aleksandr Zakharcenko, anunciou que o ataque é uma resposta ao atentado de dois dias atrás em Donestsk, quando 13 pessoas morreram numa parada de ônibus.

Os portais brasileiros, até agora, ignoraram a tragédia. O Antagonista não sabe explicar o motivo. Mas sabe que os petistas apoiam Putin.


 Cena do massacre em Mauripol

Faça o primeiro comentário