ACESSE

Unidade antiterrorismo assume investigações sobre ataque em Paris

Telegram

A unidade antiterrorismo da Procuradoria de Paris assumiu as investigações sobre o ataque de ontem na sede da polícia local que deixou quatro policiais mortos.

O assassino, que realizou o ataque com uma faca, foi morto após ser baleado na cabeça por um dos agentes.

“Devido às novas evidências que foram coletadas por investigadores criminais nesta altura do inquérito, a unidade antiterrorismo da Procuradoria assumiu as investigações referentes aos eventos de ontem”, afirmou um procurador à Reuters.

O autor do atentado é Michael Harpon, de 45 anos, funcionário do setor administrativo da polícia francesa há 20 anos.

Segundo informações da imprensa francesa, Harpon tinha formação em ciências da computação e teria se convertido ao Islã no ano passado.

Exclusivo: os pagamentos de bancos e outros gigantes a Lula e a campanhas do PT, segundo Palocci. CONFIRA

Comentários

  • Patrizia -

    Mesmo sendo franceses tem um pé no islamismo, a religião da paz.

  • Giusti -

    Tá explicado. Mesmo q fosse 1 doido, serviu d instrumento para gente mal intencionada.

  • Jorge -

    Macron,se preocupou tanto com o quintal "Amazônia" dos outros e esqueceu de combater terroristas em seu próprio quintal.

Ler 11 comentários