Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Uso de ivermectina pode causar até confusão mental, diz estudo

Pesquisa publicada na New England Journal of Medicine mostra efeitos do medicamento -- que não tem eficácia contra a Covid
Uso de ivermectina pode causar até confusão mental, diz estudo
Foto: Reprodução/ TV Vanguarda

Um estudo publicado na New England Journal of Medicine neste mês mostra que o uso da ivermectina — medicamento ineficaz contra a Covid defendido por Jair Bolsonaro — pode causar efeitos tóxicos, como confusão mental, falta de coordenação nos movimentos do corpo e convulsões, diz o Uol.

Os pesquisadores avaliaram o quadro clínico de 21 pessoas que, em agosto deste ano, ligaram para o Centro de Envenenamento do Oregon, em Portland, nos Estados Unidos, e relataram problemas após o uso do remédio, que faz parte do kit Covid. Onze delas afirmaram ter tomado ivermectina para prevenir a infecção. O restante disse que usou o remédio para tratar os sintomas da Covid.

No total, 6 pessoas foram hospitalizadas e 4 internadas em leitos de UTI. Não houve registro de mortes. Outras 4 tiveram problemas gastrointestinais, 3 sofreram confusão mental, 2 relataram ataxia — falta de coordenação em movimentos do corpo — e fraqueza, 2 reclamaram de hipotensão — pressão arterial muito baixa — e um teve convulsões.

Segundo o estudo, na maioria dos casos, os sintomas apareceram 2 horas após a ingestão de uma grande dose de ivermectina pela primeira vez.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO