Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vacina da AstraZeneca é eficaz contra variantes indianas do coronavírus, diz estudo

Segundo a empresa, foi investigada a capacidade de produzir anticorpos que neutralizem as variantes Delta e Kappa; a primeira, mais transmissível, está se tornando dominante no mundo, diz a OMS
Vacina da AstraZeneca é eficaz contra variantes indianas do coronavírus, diz estudo
Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

A vacina contra a Covid desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca é eficaz contra as variantes Delta e Kappa do coronavírus,  identificadas pela primeira vez na Índia, disse a empresa farmacêutica nesta terça-feira, 22.

Segundo comunicado da AstraZeneca, um estudo de Oxford investigou a capacidade dos anticorpos monoclonais no sangue de pessoas recuperadas e vacinadas de neutralizar as duas variantes.

O novo estudo, afirma a farmacêutica, baseia-se em uma análise da Public Health England divulgada na semana passada, mostrando que as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca oferecem proteção de mais de 90% contra a hospitalização em casos de infecção pela variante Delta —que, de acordo com a OMS, é mais transmissível e está se tornando dominante no mundo.

A vacina de Oxford/AstraZeneca é uma das utilizadas no Brasil, e a Fiocruz, que envasa o imunizante, espera produzi-lo no país e distribuí-lo a partir de outubro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO