'Vamos parar com a palhaçada', diz Fernández sobre crítica a fura-fila da vacina

Vamos parar com a palhaçada, diz Fernández sobre crítica a fura-fila da vacina
Foto: Reprodução, Twitter de Alberto Fernández

Em entrevista coletiva no México, ao lado de seu colega mexicano López Obrador, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, defendeu a “vacinação VIP” de autoridades em seu país —escândalo que derrubou o ministro da Saúde, Ginés González García.

O poste de Cristina Kirchner alegou que, entre os VIPs vacinados, havia “pessoas que estrategicamente deveriam ser vacinadas”, atacou a oposição e acusou a imprensa de não chamar a atenção para outros delitos.

“Vamos parar com a palhaçada. Eu já pedi aos promotores e aos juízes que façam o que precisa ser feito. Não há nenhum tipo penal na Argentina que diga que será castigado aquele que vacine outro que se antecipou na fila”, disse Fernández, que foi professor de direito.

LEIA AQUI a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
TOPO