ACESSE

Veja os vídeos polêmicos que Trump retuitou

Telegram

Donald Trump foi criticado hoje por Theresa May –premiê britânica e aliada dos EUA– por ter retuitado vídeos de Jayda Fransen, líder do grupo anti-imigração Britain First.

Os vídeos, segundo Fransen, mostram um imigrante muçulmano batendo em um menino holandês que usa muletas, outro muçulmano destruindo uma estátua da Virgem Maria e um grupo deles empurrando um adolescente para a morte do alto de um telhado.

A autenticidade deles, no entanto, é contestada –segundo a TV pública holandesa, por exemplo, o agressor do primeiro vídeo não é um imigrante.

May disse que Trump agiu “errado” ao retuitar as imagens e criticou o Britain First. A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, respondeu que, embora os vídeos possam não ser reais, “a ameaça é real, e é disso que o presidente está falando”.

Clique abaixo para assistir aos vídeos polêmicos. Cuidado: há imagens fortes.

 

Comentários

  • Valei-nos -

    Em índice de maldade, a filha de HItler, Angela Merkel, infiltrada como cristão, de cristã e santinha não tem nada. No índice de maldade ela é nota 8, Clintons é 10, Bush idem, tudo mancomunado com os mandantes da Nova Ordem. Ferrou com a Alemanha sabendo muito bem o que estava plantando por lá. Merkel acabou com a Alemanha, A esquerda ferrou com a Europa. Acabou. O dragão da maldade se volta feroz contra o Santo Guerreiro do Ocidente, depois de comer a UE.

  • Thiago -

    Parabéns para o Presidente Trump. Atitude mais do correta. .D.a.n.e-se a Thereza May. Ela que vá ser amante de muculmano. Trump encara o problema como deve ser encarado, sem demagogia e sem ser pautado por grupos politicamente corretos. A verdade é uma só: Trump é o terror das esquerdas e das elites Globalistas no mundo todo. GO TRUMP!!!!!!!!

  • Paulo -

    Pois é. Mostrar acontecimentos reais é motivo para ser criticado. Bacana mesmo é fazer reunião com ditadores, roubar dinheiro público, cometer crimes sem fim e ainda ser candidato a presidente da República.

Ler 48 comentários