Velório de Maradona pode causar 'catástrofe sanitária', diz médico

Velório de Maradona pode causar catástrofe sanitária, diz médico
Foto: Reprodução

Cerca de 1 milhão de argentinos compareceram ontem (26) ao velório de Diego Maradona na Casa Rosada. Espera-se que a aglomeração no meio da pandemia aumente o número de mortos por coronavírus daqui a dez ou 15 dias.

“Em breve, teremos uma catástrofe sanitária na Argentina”, diz o médico Claudio Santa Maria, professor da Fundação Instituto Superior de Ciências da Saúde.

Apesar de o uso de máscaras ser obrigatório em Buenos Aires, cerca de 30% dos fãs do ex-jogador não usavam a peça para cobrir o rosto ou a colocavam de forma errada.

LEIA AQUI a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: A verdadeira sabatina de Kassio Marques.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO