Venezuela aprova uso emergencial da Sputnik V

Venezuela aprova uso emergencial da Sputnik V
Reprodução

A ditadura de Nicolas Maduro anunciou há pouco a autorização de uso emergencial para a vacina russa Sputnik V. O registro do imunizante foi feito pelo Ministério da Saúde da Venezuela.

“Recebemos com satisfação a decisão do Ministério da Saúde de aprovar o uso da Sputnik V, uma vacina segura e eficaz para prevenir a propagação do coronavírus”, disse o diretor geral do Fundo de Investimento Direto da Rússia, Kirill Dmitriev.

A vacina russa ainda está na terceira fase de testes clínicos na Venezuela. Dmitriev garante que o imunizante tem 90% de eficácia e usa dois vetores diferentes para cada dose, o que proporcionaria uma proteção mais prolongada.

A Sputnik V já foi aprovada na Rússia, na Argentina, na Bolívia, em Belarus, Sérvia, Argélia e territórios palestinos.

Leia mais: Jornalismo não é trololó. É investigar, gastar sola de sapato, reportar e mostrar. Blogueiro não faz isso; repórter, sim.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários
TOPO