Vice-presidente do Equador perderá o cargo

Acusado de receber propina da Odebrecht e condenado em primeira instância a seis anos de prisão, o vice-presidente do Equador, Jorge Glas, será afastado definitivamente do cargo.

De acordo com a Constituição equatoriana, o vice deve ser afastado por “falta definitiva” –mais de três meses longe do exercício da função, que Glas completará à meia-noite de hoje.

A Carta do Equador também prevê que o presidente, Lenín Moreno, apresente uma lista tríplice ao Parlamento para que este escolha o novo vice.

 

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. J.Pinto disse:

    SuEgcXVlIG8gcHJlc2lkZW50ZSDpIExlbmluIE1vcmVubywgcG9yIGFjYXNvIHRlbSBhbGd1bSBwb2ztdGljbyBjb20gbm9tZSBkZSBTdGFsaW4gTG9pcm8/

    1. tico tico: deuses são improváveis, moram em psiquismos fantasiosos. disse:

      VGVtISBFIGNvcnRhIHBpbnRvcy4=

Ler comentários
  1. JANOT disse:

    U/MgYXF1aSBubyBCcmFzaWwgdW0gcHJlc2lkZW50ZSBkYSByZXD6YmxpY2EgbuNvIGNhaSBwb3IgY29ycnVw5+NvLiBNZXNtbyBxdWFuZG8gbyBwYe1zIGludGVpcm8gduogYSBtYWxhIGRlIHByb3BpbmEgY29ycmVuZG8gcGVsYXMgcnVhcyBlbSBidXNjYSBkZSBzZXUgZG9uby4=

  2. matus-além disse:

    bOEgbuNvIHRlbSBiZWnnb2xhLCBwb3J0YW50byBhIGp1c3Rp52EgZnVuY2lvbmEuDQpJbXByZXNzaW9uYW50ZSBjb21vIG8gQnJhc2lsIHZpcm91IGEgbWFpb3IgcmVw+mJsaWNhIGRlIGJhbmFuYXMgZGFzIGFt6XJpY2FzLg0KTyBwYXJh7XNvIGRhcyBvcmdhbml6Yef1ZXMgY3JpbWlub3NhcyAgISEuLg==