ACESSE

Vídeo: A revolta militar contra Maduro

Telegram

Um homem com uniforme militar que se identificou como sargento da Guarda Nacional da Venezuela pediu, ao lado de uma tropa também uniformizada, que Nicolás Maduro não seja reconhecido como chefe da nação, em vídeo divulgado hoje nas redes sociais e reproduzido abaixo.

As forças de segurança reagiram, bloqueando a unidade militar de Cotiza, onde estaria o grupo que aparece no vídeo, segundo o G1.

“O governo venezuelano afirma que a situação está sob controle e que agentes foram presos por roubo de armas.”

A estratégia de Renan Calheiros para voltar à presidência do Senado. CONFIRA AGORA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 120 comentários