Ministro do STJ autoriza servidores a trabalharem em dias de jogos do Brasil

Napoleão Nunes Maia Filho, do STJ, determinou que as repartições públicas onde trabalham peritos médicos previdenciários abram normalmente nos dias dos jogos da seleção brasileira na Copa, informa O Globo. O cumprimento normal da jornada de trabalho será facultativo.

O ministro atendeu a um pedido da Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social e suspendeu a portaria do Ministério do Planejamento que estabelecia horários especiais.

A portaria determinava que o expediente só começaria às 14h quando a seleção jogasse de manhã –e acabaria às 13h quando as partidas fossem à tarde. As horas não trabalhadas teriam de ser compensadas até 31 de outubro.

A ANMP questionou o fato de servidores serem impedidos de trabalhar e, por isso, terem que compensar as horas não trabalhadas “em virtude de situação alheia à sua vontade e ao seu controle”.

Com a decisão, alguns dos servidores federais não poderão parar de trabalhar para ver Neymar cair em campo.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ah! Finalmente cabeças pensantes. É o fim da picada impedir que funcionários trabalhem e obrigar a compensação. Deixem para o próprio funcionário decidir! Tem gente que não liga pra futebol, e tem gente que passa sufoco depois tentando compensar em função de filho ou outras razões.

Ler mais 75 comentários
  1. Ah! Finalmente cabeças pensantes. É o fim da picada impedir que funcionários trabalhem e obrigar a compensação. Deixem para o próprio funcionário decidir! Tem gente que não liga pra futebol, e tem gente que passa sufoco depois tentando compensar em função de filho ou outras razões.

  2. Realmente o Poder Judiciário perdeu a compostura. Evidente que o Poder Judiciário não pode intervir e estabelecer horário de funcionamento de Órgãos dos Poderes Executivo e Legislativo. Isso é um absurdo. A decisão deveria se limitar a dizer que os servidores não estão obrigados à compensar.

  3. Interessante como essa nota foi redigida precisamente no Antagonista, enquanto O Globo colocou uma manchete completamente distorcida sobre o mesmo tema. Torço muito para que uma mídia conservadora suplente por completo a Globo.

  4. Inacreditável! Moro em BH e meu filho, pessoa com deficiência intelectual, é atendido em um programa da Prefeitura do município voltado para a prática de esportes. Em dias de jogos do Brasil, a Prefeitura determinou ponto facultativo e assim ninguém trabalhará e as pessoas ficarão sem atendimento!!!

  5. Parabéns ao ministro Napoleão Nunes Maia Filho. Todos deveriam trabalhar sim. Se for para bancar o patriota, deveríamos parar de trabalhar nos campeonatos mundiais de vôlei, basquete, atletismo, etc. A indústria do futebol não beneficia o povo. Só a uns poucos, incluindo os políticos.

  6. Como fica o art. 2º da Constituição, que estabelece independência e harmonia entre os Poderes?? Como pode o Judiciário interferir no horário de funcionamento do Executivo (que ainda estabeleceu que horas deveriam ser compensadas)?!
    Um absurso, independente do mérito da Portaria.

  7. Quero saber se esse sujeito, o grande chefe, vai estar lá trabalhando. A imprensa perde a chance de desmascarar esses sujeitos. Se eu fosse reporter eu ia lá, nos dias de jogo do Brasil, ver se o tal do Napoleão Bonaparte de araque estava lá.

  8. Napoleão é o XUXA aquele qie disse que ia fazer com o ISIS e ia cortar o pescoço daqueles que estavam denunciando seu filho.
    Este deveria fazer trabalhos forçados.

    1. nem voce ne Demian, pois pra ter tempinho de ficar comentaninho materias na internet e por que não tem o que fazer, não é mesmo?

  9. A Laurita VAz, presidente do STJ, publicou portaria determinando expediente das 13:30 às 19:00 . Portanto, nada a ver com obrigar servidor a trabalhar e sim obrigar a Instituição a abrir para quem quer trabalhar e não ficar vendo o inútil do Neymar e depois ter de repor em horário impróprio.

  10. Esses Barnabés já deveriam dar graças a Deus de receberem em dia, terem estabilidade funcional, aposentadorias nababescas aos 50 anos de idade, vencimentos 20x acima da iniciativa privada…
    O Brasil está quebrado por causa desses malandros, que ainda por cima tratam mal o povo e são arrogantes.

    1. Opa, sou servidor público e ainda não tive a sorte de conhecer este setor aí, que tu acabas de descrever. Me diz onde é, porque eu quero ir pra lá!

    2. e você deveria ta caçando emprego, ao invés de tai ai todo cheio da razão comentando noticiazinha na internet, não e mesmo?

  11. É curioso como ninguém acha absurdo a Embraer não trabalhar em horário de jogo e liberar os funcionários. Ah, eles vão repor. Eis aí o problema: o servidor não repõe e ninguém cobra. Ser liberado não é errado, o erro é não repor.

  12. Texto manipulador. O Ministro proibiu que o órgão feche e mande o servidor para casa, obrigando-o a repor depois. Os peritos que entraram com a ação não querem folga e depois compensar. Exigem cumprir o horário habitual, sem reposição. Agora, quem vai passar na perícia na hora do jogo?

  13. Quem poderia não ” trabalhar” é a camarilha do STF. Aquilo quando “Trampa” dá um prejuízo imenso para o país, estraga meses de serviço da P . F. e de juizes de verdade. Para eles todo dia devia ser feriado. Os meretricimos são mais baratos de folga!

    1. Não vai.. Portaria STJ/GP 146/18 alterou o expediente do STJ em dias de jogos do Brasil. Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço!!! Pimenta nos olhos dos outros é refresco, não é Excelentíssimo!?!?!

    1. Não vai.. Portaria STJ/GP 146/18 alterou o expediente do STJ em dias de jogos do Brasil. Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço!!! Pimenta nos olhos dos outros é refresco, não é Excelentíssimo!?!?!

  14. Na verdade ele permitiu que servidores que não querem compensar as horas trabalhadas, pudessem trabalhar. Pois alguns órgãos federais estão impondo aos servidores NÃO TRABALHAR e compensar horas posteriormente

  15. Boa!!! Façam essa cambada de folgados trabalhar um pouco!
    Já são uns privilegiados, e ainda se acham no direito de cruzar os braços pra ver futebol.
    Funcionário púbico não aguenta 15 minutos de pressão no setor privado.

  16. Ah sim? E sua excrescência vai chegar a que horas no tribunal? E o resto das excrescencias chegarão a que horas? O horário deles ninguém controla, podem ir dar aulas nas faculdades, viajar…

  17. O que salva Neymar é que cair exige habilidade. Requisito que faltou a ele e todo time da seleção brasileira no primeiro jogo para fazer gol. Talvez se Gabriel Jesus não fizesse aquele espalhafato todo, mostrando habilidade circense, o árbitro teria marcado o pênalti.

  18. Se câmaras, senado, presidente (velho broxa), ministros do Supremo e toda essa cambada trabalhar também, OK, ótimo! Senão é palhaçada só para palhaço bater palma…

  19. Antagonista dando notícia pela metade. A Portaria determinava O meio expediente, mas obrigava os servidores a compensar as horas depois, mesmo se não tivessem interesse em ver o jogo. É por isso que uma entidade de servidores entrou na justiça. A maioria quer trabalhar em vez de compensar horas.

  20. Cansamos de sustentar estes vagabundos, é só chekar nos aeroportos, quem viaja maioria funcionário publico, aqueles que estão na Rússia e desrespeitaram as mulheres delá, são funça públicos que roubaram e foram até presos, e , advinhe se o dinheiro gasto lá não e de subtração com roubo!!

  21. O Brasil vive hoje uma Ditadura Judiciária, os juízes mandam em tudo na nossa vida, agora eles nos proíbem até de assistir aos jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

  22. E ele revogou a portaria do próprio STJ ?

    http://www.stj.jus.br/sites/STJ/default/pt_BR/Comunica%C3%A7%C3%A3o/noticias/Not%C3%ADcias/STJ-altera-expediente-para-os-dias-de-jogos-da-Sele%C3%A7%C3%A3o-Brasileira-na-Copa

  23. Finalmente uma decisão moralizante.
    Vão trabalhar cambada de inúteis!
    Em vez de ficar chupando chulé de Neymar cai-cai.
    E que se fod* o futebol e a selecinha.
    País desmoronando em todos os sentidos por causa da corrupcão e os coiós preocupados com futebol igualmente corrupto.
    Vão trabalhar!

  24. EU ACHO QUE QUEM TEM QUE TRABALHAR, SÃO TODOS VCS DO CONGRESSO NACIONAL, STF, TSJ, INCLUSIVE SABADO , DOMINGO E FERIADOS. TRABALHAR ? NÃO. DESCULPE.. TOMAR CAFEZINHO DE TERÇA A QUINTA. HEHEHEHEHE