75% das obras federais contêm maracutaia

Das 126 obras federais auditadas entre agosto de 2015 e setembro deste ano, o TCU encontrou mandracagens em nada menos que 94, o equivalente a 75% da amostra.

Eufemisticamente tratadas como “indícios de irregularidades graves” pelo tribunal, as maracutaias são as de sempre: superfaturamento, direcionamento de licitações, falhas nos projetos etc.

Para 15 obras, o TCU recomendou a interrupção parcial ou total de repasses de recursos. As 126 obras auditadas somam quase R$ 35 bilhões em investimentos públicos.

O relatório será, agora, votado pelo TCU na próxima semana. Se aprovado, será enviado para a Comissão Mista de Orçamento do Congresso.

Faça o primeiro comentário