A Bolsa e Trump (3)

Assim, a pesquisa que mostra, pela primeira vez, Donald Trump à frente de Hillary Clinton é vista por Bandeira como um gatilho de um movimento já armado. É claro que, neste caso, Trump é um pretexto e tanto para o mercado rever suas posições.

O economista-chefe do home broker Modal Mais ecoa o que investidores vêm dizendo em todos os cantos do mundo: o problema de Trump é que ninguém sabe o que faria, de fato, na Casa Branca.

E, para piorar, o que o republicano mostra não agrada. “As propostas não soam muito bem para a economia global”, resume Bandeira.