A China vem com tudo

O fracasso do leilão para vender a Celg-D, controlada pela Eletrobrás, não significa que os chineses perderam o interesse pelo Brasil. Muito pelo contrário: a lista de elétricas avaliadas por eles é extensa.

A China Three Gorges analisa a compra dos ativos da americana Duke Energy no Brasil; bem como da Renova e de parques eólicos da Queiroz Galvão. Já a State Grid pode ficar com as operações da Abengoa e da Isolux.