A primeira prova de fogo de Doria

João Doria comprometeu-se a manter congelada a tarifa de ônibus de São Paulo no ano que vem. Segundo o prefeito eleito, a promessa será cumprida, mesmo que o governo federal não libere dinheiro extra para a gestão paulistana.

Doria estima que sejam necessários entre R$ 500 milhões e R$ 550 milhões para manter a tarifa em R$ 3,80. Ele pretende cortar gastos da máquina pública para obter esses recursos.

Faça o primeiro comentário