A recessão foi a nossa sorte

Segundo o presidente da EPE, Luiz Augusto Barroso, não precisamos temer uma eventual falta de energia para sustentar a retomada da economia. Barroso estima que o Brasil contará com uma “folga energética” de dois a três anos, criada pela retração de 2015 e 2016.

É realmente uma sorte que tenhamos vivido a pior recessão da história. Somente assim, teremos energia para… sair dela.