A resposta do BNDES sobre a Oi

O BNDES enviou sua posição sobre as críticas dos minoritários da Oi, publicadas por O Financista nesta tarde. Leia-a na íntegra:

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES ) indicou Ricardo Reisen para integrar o conselho de administração da operadora de telefonia Oi, com mandato até 2018.

A nomeação foi aprovada na semana passada. Reisen foi a primeira indicação do banco dentro da política de indicar conselheiros profissionais e independentes como seus representantes nas empresas em que tiver participação acionária. Na avaliação do Banco, esse é um instrumento importante na melhoria do mercado de capitais. O conselheiro Marcos Duarte, cujo nome também foi aprovado na sexta-feira 12/8, foi indicado pela própria Oi.

A nova política de indicação considera como independente novas definições propostas pela BM&FBovespa e adota diretrizes da Lei das Estatais, que veda a indicação de políticos. Outros critérios para permanência de conselheiros no cargo ainda estão em estudo pelo banco.”

Faça o primeiro comentário