A vida é sonho

Pedro Parente quer recuperar o grau de investimento da Petrobras em 2018. Para tanto, aposta na reestruturação que comanda na estatal.

Duas observações:

– não basta uma faxina interna; o grau de investimento também depende de o país estar em ordem, já que a Petrobras é uma estatal e está sujeita a toda devassidão que os políticos querem lhe impor, como segurar o preço dos combustíveis por capricho, sangrar seus recursos via propinodutos e lotear a empresa com a mesma cara de pau de quem estaciona em lugar proibido;

– se quiser resgatar o grau de investimento da Petrobras até lá, a única coisa sensata é privatizá-la.

Aliás, a única coisa sensata, em qualquer caso, é privatizá-la.