A zica da Petrobras no Ceará (1)

Segundo a Reuters, dois ativos que a Petrobras colocou à venda, no Ceará, enfrentam problemas capazes de micá-los.

O primeiro é um terminal de gás natural liquefeito (GNL). O governo cearense pretende utilizar a área em que a unidade se encontra, no Porto de Pecém, para outro fim: cumprir uma exigência do Ministério Público Federal para que encerre as operações de armazenamento de derivados em Mucuripe.

As atividades de Mucuripe seriam, então, transferidas para Pecém.

Faça o primeiro comentário