Afiando a tesoura

A megafusão da AB InBev, controlada pelo trio Lemann, Telles e Sicupira, com a sul-africana SABMiller resultará na redução de 3% no quadro de pessoal, o equivalente a 5,5 mil pessoas.

Os cortes serão realizados nos próximos três anos e constam de documento divulgados hoje pela cervejaria belga. O acordo entre ambas é avaliado em US$ 100 bilhões e deve ser concluído até outubro.

A meta da AB InBev é alcançar um faturamento combinado também de US$ 100 bilhões até 2020, ante os US$ 66 bilhões atuais.

Faça o primeiro comentário