Autoconfiança é isso!

O Ministério da Fazenda elevou sua projeção para o crescimento do PIB no ano que vem de 1,2% para 1,6%. O número também é maior que o 1,1% apurado pelo Boletim Focus do Banco Central, a partir de consultas a instituições financeiras.