Brasil, o queridinho do UBS (1)

O Brasil ultrapassou o México na recomendação de investimentos do UBS para a América Latina. Em relatório, o banco suíço reconhece que, para a maioria do mercado, o Brasil continua como o “patinho feio” da região.

O UBS destaca, contudo, que, enquanto os mexicanos experimentam uma queda na confiança e no ritmo de atividade, os brasileiros começam a dar sinais de recuperação econômica e estabilidade política.