Brasil, o queridinho do UBS (2)

O UBS prevê que os lucros das empresas brasileiras crescerão entre 5% e 7% nos próximos seis meses. O banco não descarta um incremento ainda maior, caso os juros comecem a cair, a cotação das commodities se recupere e o crescimento acelere.