Brasília, madrasta cruel

Governadores — não apenas do Norte e do Nordeste — cobram do Palácio do Planalto uma ajuda emergencial da União para terminar o ano e conseguir pagar o 13º dos servidores públicos, informa O Globo.

A equipe econômica diz entender o drama dos estados, mas sustenta que simplesmente não há mais dinheiro.

O Antagonista insiste: Brasília precisa aprender a ser uma madrasta cruel — certamente, isso fará bem aos seus enteados.

Faça o primeiro comentário