Choque de preços

Uma revisão de cálculo, estudada pelo governo, pode pesar bastante no bolso dos consumidores em 2017. Se implementada, o preço da energia no mercado spot (à vista) subirá 42% no Sudeste e no Centro-Oeste, segundo a CCEE.

Parece metafísica, mas a revisão chegará ao bolso dos consumidores.

O mercado spot é onde as distribuidoras de energia se socorrem, em casos de queda no abastecimento regular.

O exemplo mais comum são os períodos de forte estiagem, em que os reservatórios das hidrelétricas baixam e as usinas reduzem sua geração.

Faça o primeiro comentário