Cidadão Kane

Para Rodrigo Janot, é hora de o governo, o Congresso e a Justiça pararem de fazer vista grossa a uma das mais conhecidas transgressões da Constituição: a que proíbe que políticos detenham concessões de rádio e TV.

O procurador-geral da República pediu ao STF que proíba a União de continuar autorizando a operação de empresas de radiodifusão nessa situação. No Supremo, o relator do caso é o ministro Gilmar Mendes. As informações são do Estadão.