Deixa que o mercado resolve

O STF decidiu que os estacionamentos privados são livres para cobrar quanto quiserem, sem que leis estaduais interfiram. A decisão da corte refere-se a uma lei paranaense que impunha critérios para os preços.

Mais do que deixar que o mercado se entenda, a decisão tem duas consequências práticas. Primeira: embora o STF tenha se pronunciado apenas sobre o caso do Paraná, o julgamento vai balizar a queda de leis semelhantes em outros Estados.

Segunda: parte importante da receita das administradoras de shopping center vem das tarifas de estacionamento. Agora, sem riscos jurídicos, ficarão mais tranquilas.

Vamos ser mais roubados pelos estacionamentos para não sermos roubados pelos assaltantes.