Déjà vu

O varejo registrou uma queda real de vendas de 3,9% em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Com isso, os lojistas começaram o segundo semestre exatamente do ponto em que encerraram o primeiro: sem clientes. Os dados são da Cielo, que criou um indicador de atividade do varejo que caiu no gosto dos analistas de mercado.

Faça o primeiro comentário