Diretor da Oi é denunciado por fraude de R$ 50 mi contra clientes

O Ministério Público do Rio Grande do Sul denunciou o diretorjurídico da Oi, Eurico de Jesus Teles Neto, e mais quatro advogados por um suposto golpe de R$ 50 milhões que teriam aplicado em clientes da operadora em 2009.

Teles Neto e um dos advogados denunciados, Gabriel Magadan, que representava clientes da Oi em causas contra a operadora, teriam fechado um acordo para desviar parte do dinheiro destinado ao ressarcimento de clientes lesados pela empresa.

O Ministério Público também propôs a apreensão de cerca de R$ 75 milhões para resguardar o futuro ressarcimento das vítimas do golpe. De acordo com a Agência Globo, a Oi afirmou que a responsabilidade pelos desvios é dos denunciados, já que o dinheiro foi, efetivamente, desembolsado pela empresa. Os envolvidos negam as acusações.

Faça o primeiro comentário